Mariluz, terça-feira, 17 de maio de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Brasil

04/01/2022 | Concebido por Goioerê

Governadores: 90% das cidades podem começar vacinação infantil até 48 horas após receberem doses

Governadores: 90% das cidades podem começar vacinação infantil até 48 horas após receberem doses

Os gestores dizem que já estão finalizando planos de distribuição dos frascos e podem começar a aplicação "de imediato".

Governadores ouvidos pelo blog entraram em 2022 com planos para acelerar a vacinação de crianças contra a Covid ainda em janeiro, assim que receberem as doses do Ministério da Saúde. Os gestores dizem que já estão finalizando planos de distribuição dos frascos e podem começar a aplicação "de imediato".

O coordenador do Fórum de Governadores, Wellington Dias, do Piauí, afirmou que é possível iniciar a vacinação em 90% das cidades do país em até 48 horas após a entrega das doses aos estados.

Em São Paulo, o governador João Dória diz que a vacinação irá se iniciar imediatamente após a entrega – inclusive, no mesmo dia. A ideia é utilizar a rede que já funciona para imunizar adolescentes e adultos.

A Anvisa aprovou a utilização da vacina Pfizer para crianças a partir de cinco anos em 16 de dezembro, mas o governo federal ainda não incluiu a vacina para esta faixa etária no Plano Nacional de Imunização (PNI) e preferiu abrir uma consulta pública com a população – mesmo após a decisão da Anvisa ser chancelada por sociedades médicas e especialistas em pediatria e infectologia.

No Maranhão, segundo o governador Flávio Dino, será possível distribuir as doses para os postos da capital, São Luís, em 24 horas. Já para o interior, a expectativa é de entregar os lotes em 48 horas.

No Pará, Helder Barbalho afirmou ao blog que já vem, desde dezembro, cobrando que o governo federal faça a entrega imediata de doses para crianças.

Wellington Dias diz que, em dezembro, governadores se reuniram com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, para pedir pressa na distribuição dos imunizantes. Ouviram que, a partir de 10 de janeiro, as doses podem já estar no Brasil.

A maior preocupação nos governos estaduais, agora, é garantir a segurança dos alunos para que os pais não atrasem o retorno das crianças às salas de aula. Em alguns estados, o calendário letivo já começa em janeiro.

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | G1

OPINE!

CIDADE PORTAL
site: www.cidadeportal.com.br
e-mail: mariluz@cidadeportal.com.br
(44) 3522-7297 - (44) 99979-8991 - (44) 99979-3334 - Goioerê-PR
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal