Mariluz, quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

16/11/2023 | Concebido por Goioerê

Nova orla: estruturas marítimas melhoram a qualidade da água em Matinhos

Nova orla: estruturas marítimas melhoram a qualidade da água em Matinhos

Estudo preliminar feito pelo Instituto Água e Terra (IAT) mostra que quatro pontos do balneário que até a temporada passada de verão eram considerados impróprios para banho receberam a bandeira azul após a construção de guias-correntes, headlands e do espigão.

A construção de estruturas marítimas em Matinhos, dentro do pacote de revitalização da orla, já impacta positivamente na qualidade da água no Litoral. O Instituto Água e Terra (IAT) divulgou nesta quinta-feira (16) o resultado de um estudo preliminar de balneabilidade feito na região de impacto em que foram construídos dois guias-correntes, dois headlands e um espigão. Os quatro pontos de monitoramento que até a temporada passada eram considerados impróprios para banho receberam, agora, a bandeira azul. Ou seja, passaram a ser aptos para receber banhistas.

Diretor de Saneamento Ambiental e Recursos Hídricos do IAT, José Luiz Scroccaro explica que a mudança se deve ao fato de as peças marítimas atuarem diretamente na diluição da poluição. “Essas estruturas deslocam as águas das galerias pluviais para uma distância superior a 250 metros, a chamada poluição difusa. Isso faz com que não haja contaminação no início da praia, onde os banhistas costumam frequentar”, afirma.

Com desburocratização, Paraná se destaca na produção de energia por PCHs e CGHs

O chefe da Divisão de Análises Laboratoriais do IAT, Nilson Roberto Woellner, destacou que foram feitas cinco coletas (uma por semana) em 10 pontos diferentes do mar em Matinhos, sempre a 100 metros para direita e 100 metros à esquerda das estruturas marítimas, conforme determinada a legislação ambiental.

“Trata-se de uma prévia das condições de balneabilidade na região dos espigões, guias e headlands instalados em Matinhos, e o resultado foi muito satisfatório, com 100% de indicação de pontos próprios para banho”, afirma. “Mas precisamos sempre fazer a ressalva de que essa foi uma primeira amostragem, realizada fora da temporada, com o Litoral com menos gente. Mas, ainda assim, é um dado importante”, acrescentou.

BOLETIM – O IAT começa na próxima semana o monitoramento da qualidade da água no Litoral do Paraná, com o recolhimento de amostras semanais para análise. O primeiro boletim de balneabilidade está previsto para ser publicado no dia 22 de dezembro, sexta-feira que antecede o Natal. A avaliação será feira em 49 pontos do Litoral e segue durante toda a temporada 2023/2024, até o Carnaval, em fevereiro. Também haverá monitoramento nas praias de água doce do interior do Paraná.

Com programas de conservação da natureza, IAT é finalista em prêmios nacionais

O relatório alerta a população sobre os locais que podem causar problemas de saúde quando em contato com a água, pela transmissão de bactérias, vírus, como dermatite, diarreia, problemas respiratórios, entre outros. A análise das amostras de água é feita no laboratório do órgão ambiental, de acordo com a Resolução Conama nº 274/2000, e os resultados são divulgados semanalmente, sempre às sextas-feiras.

ORLA – A revitalização da Orla de Matinhos alcançou 88,3% de conclusão em outubro, na obra como um todo. Estruturas marítimas como o espigão da Praia Brava; o guia de correntes da Avenida Paraná, e os headlands dos balneários Riviera e Flórida estão concluídos. Já a construção dos guias-correntes de Matinhos está em 92,5% e deve ser finalizada ainda neste ano.

A obra é feita em duas etapas, num valor total de R$ 500 milhões. A fase inicial, com orçamento de R$ 314,9 milhões, abrange serviços de engorda da faixa de areia por meio de aterro hidráulico; estruturas marítimas semirrígidas; canais de macrodrenagem e redes de microdrenagem e revitalização urbanística da orla marítima com o plantio de espécies nativas.

Trabalho do IAT mostra que revitalização da orla de Matinhos não impacta a fauna

O projeto é acompanhado de melhorias na pavimentação asfáltica e recuperação de vias urbanas. O objetivo é minimizar os impactos gerados pela combinação do desequilíbrio de sedimentos, ocupações mal planejadas e fenômenos naturais, como chuvas fortes e ressacas que costumeiramente atingem o Litoral. Esses fatores vêm comprometendo boa parte da infraestrutura urbana, turística e de lazer em Matinhos.

As intervenções serão feitas ao longo de 6,3 quilômetros entre o Morro do Boi e o Balneário Flórida. Em uma segunda etapa, ainda sem previsão de data, será recuperado o trecho de 1,7 quilômetro entre os balneários Flórida e Saint Etienne. Haverá, também, a instalação de novos equipamentos urbanos, como ciclovia, pista de caminhada e corrida, pista de acessibilidade e calçada.

 

CLIQUE NAS IMAGENS ABAIXO E SAIBA MAIS

 
CLIQUE AQUI E FAÇA SEU PRÉ-CADASTRO
PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | AGÊNCIA DE NOTÍCIAS DO PARANÁ - AEN

OPINE!

CIDADE PORTAL
site: www.cidadeportal.com.br
e-mail: mariluz@cidadeportal.com.br
(44) 3522-7297 - (44) 99979-8991 - (44) 99979-3334 - Goioerê-PR
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal